Tradicionalmente, o staff do hotel sempre esteve estritamente atados em seus desktops, eles não tinham muita escolha: qualquer informação relacionada ao hóspede só estava disponível no PMS executado em desktops e o staff precisava acessá-lo a cada simples consulta de operação de hóspedes .

These offline applications come at a considerable price tag and are definitely not very reliable and need constant updates.

A tecnologia na nuvem mudou isso e agora toda a equipe pode ser mais dinâmica em torno de hóspedes para os serviços do hotel, por exemplo, eles podem caminhar até a porta do hotel para receber os hóspedes e completar um check-in enquanto os acompanha até o seu quarto. Agora, qualquer dispositivo móvel pode ser usado para acessar reservas, fotografar hóspedes e pegar assinatura via touchscreen do dispositivo móvel. Esses sistemas estão disponíveis em alguns dos grandes provedores de tecnologia de hospitalidade, mas devido à arquitetura tradicional, geralmente o dispositivo necessário para executá-los deve atender a determinadas configurações mínimas, para não mencionar que a maioria dessas aplicações dependem de  uma sincronização de dados offline. Por isso, se algo deu errado durante a sincronização, o seu staff não tem outra opção senão correr com papel e caneta para concluir qualquer processo manualmente. Esses aplicativos offline vêm com um preço consideravelmente elevado, definitivamente não são muito confiáveis e precisam de atualizações constantes.

Nuvem e SaaS mudaram esse cenário e agora mesmo, um pequeno Bed and Breakfast de cinco quartos pode usar esta tecnologia sem gastar qualquer grande montante. Cloud e SaaS pode soar confuso para um proprietário de pequena propriedade que só quer apenas gerenciar seus negócios com baixo investimento e sem investir em aparatos tecnológicos , sem contar que os fornecedores também não estão deixando isso mais fácil. Quase todos os prestadores de serviços tem a sua própria explicação sobre o assunto, então vamos tornar simples esta conversa.

"A tecnologia da nuvem está presente desde o tempo que a Internet tomou forma, mas agora é mais fácil de usá-la como um utilitário, muito mais robusta em sua nova forma. Para usar qualquer software de gerenciamento de hotel, um hotel precisa de conjunto de computadores chamado Servidores e desktops, eles também precisam conectar esses computadores através de cabos de rede e switches e roteadores. Portanto, mesmo antes que você pudesse comprar um software que você teria que investir na compra de hardware para aí ser possível comprar e usar um PMS. Depois de ter providencado este hardware e rede de compra e configuração, você precisará finalmente comprar um banco de dados e um sistema de gerenciamento de propriedade, em seguida, alguém precisa fazer a configuração geral e do PMS e completar os masters (dados relacionados com o seu hotel como taxas, dados de restaurante, políticas de reservas etc). Mais adiante o treinamento vai acontecer e, finalmente, depois de uma quantidade considerável de tempo e dinheiro, o hotel estará pronto para começar a usar esta nova peça de tecnologia, ahh! E sem mencionar o desafio envolvido em manter o ritmo com novas atualizações de software e custo de manutenção contínua.

Agora, para simplificar a computação em nuvem, uma empresa de prestação de serviços assume a gestão de ativos completa, o hotel não precisa passar pelo processo de comprar ou configurar qualquer dispositivo, e só assinar um sistema de gestão de hotel baseado na nuvem e começar a usar o sistema Em poucos minutos, seguindo os assistentes inteligentes que irão guiá-lo passo a passo até que você esteja pronto para iniciar operações, das mais simples as mais complexas. Assim, os provedores de nuvem gerenciam hardware, software e banco de dados completos, além de gerenciar atualizações e manter atualizações de hardware o tempo todo, então você terá o sistema mais recente em suas mãos.

Agora vamos abordar o SaaS. Tradicionalmente, você precisaria instalar o aplicativo PMS que seria executado em computadores fixos em suas instalações. Então aqui é onde SaaS entra: agora, em vez de ter o aplicativo executado em seus servidores, ele está sendo executado no centro de dados de provedores de serviços e você pode acessá-lo através da Internet, através de um URL, assim como o Gmail ou yahoo. Outra mudança significativa é a forma como os aplicativos SaaS são licenciados, ele é diferente de aplicativos on-premise. Os hotéis não precisam comprar a licença para usar o software e, em seguida, pagar por manutenção de software para suportá-la e mantê-la atualizada, você simplesmente assina ou "aluga" o software por um período de tempo - geralmente anualmente. O SaaS (Software como Serviço) faz uso de uma infraestrutura de computação em nuvem "Cloud" para entregar aplicativos PMS a hotéis, ao contrário do modelo tradicional de instalação de aplicativos em desktops, permite que o pessoal do hotel acesse e use software de qualquer local e de qualquer dispositivo.

Então, por que os hotéis devem considerar o uso da Nuvem & SaaS?

Os hotéis agora podem passar de Capex para Opex e reduzir os custos associados à execução de um PMS.benefitsofcloudcomputing-300x138

Os hotéis têm uma grande oportunidade de transferir seu orçamento de TI de despesas de capital para despesas operacionais e alocar fundos para serviços aos hóspedes.

Os hotéis podem contratar mais recursos para atender aos hóspedes em vez de recursos de TI.

Os hotéis podem ser mais  benéficos ao meio ambiente com consumo de energia reduzido e despesas.

Hotéis podem optar por ter o melhor provedor de serviços e fornecedores switch a qualquer momento, sem qualquer custo adicional.

Algumas das armadilhas a evitar com a Nuvem e SaaS

Os hotéis devem analisar os custos e as economias associados aos modelos de assinatura, porque os custos de assinatura não diminuem necessariamente ao longo do tempo.cloud_computing_rain-300x262

Muitos hotéis podem precisar de alterações personalizadas nos aplicativos PMS para gerenciar determinados requisitos operacionais exclusivos, os aplicativos baseados em SaaS não permitirão tais alterações.

Quase todos os fornecedores de SaaS oferecerão um trial, mas esses testes têm recursos limitados, por isso os hotéis devem garantir que experimentam sistema completo ou fazer apresentações interativas para garantir que obter ão todos os recursos necessários.

Propriedade dos dados e privacidade: os hotéis precisam verificar a privacidade dos dados, quem os possui e como se pode obter seus dados quando decidir parar de usar o sistema, sem quaisquer limites de tempo. É importante que você possua os dados que o seu fornecedor proverá em um formato que você pode usar ou importar para outro sistema, ou você pode terminar com apenas bits e bytes, sem nenhum significado.

O SaaS certamente oferece grandes economias de custos, mas o hotel não deve apenas olhar para o custo, mas também deve garantir que o fornecedor tenha experiência em fornecer tais aplicações com sucesso e tenha historico comprovado na área, os hotéis devem procurar razões para além de apenas custo, como por exemplo se o software pode adicionar melhora na eficiência global da propriedade.

Há uma boa quantidade de prestadores de serviços que irão oferecer os mesmos serviços, o que é importante é como o fornecedor irá apoiá-lo se servidores sofrerem breakdown ou se sua internet vir abaixo, e que tipo de redundância é planejada e oferecida. Compare ofertas de fornecedores - não apenas para recursos e custos, mas também tempo de atividade, segurança e flexibilidade.

A plataforma de tecnologia de mycloud hospitality combina a nossa experiência de domínio com anos de sucesso na entrega de soluções tecnológicas para cadeias de hotéis e propriedades cinco estrelas em todo o mundo. Mycloud é um sistema de gerenciamento de hotel baseado em nuvem que consegue surpri as necessidades das propriedades de hotéis de médio e pequeno porte. mycloud fornece uma única plataforma para todos os gerentes de hospitalidade em uma cadeia ou hotel independente, ajudando em seu trabalho, nosso sistema prevê todas as reservas, inventário de quarto e perfis para ser localizado em um banco de dados garantindo assim uma única imagem de inventário e uma única visão do hóspede em toda a propriedade. O sistema incorpora todas as operações características de automação, como sistema de reservas on-line, recepção, corporativo e perfis de agente de viagens, histórico de hóspedes, mailing incorporado, gestão de grupo, cashiering, limpeza, POS para restaurantes e operações loja de presentes, contas a receber etc. O sistema é alimentado por um motor de reserva potente, Channel Manager e um sistema de gerenciamento de opiniões on-line oferecendo um controle de janela única.

Sobre mycloud

Mycloud é desenvolvido e promovido pela Prologic First - um inovador de tecnologia de hospitalidade e um provedor líder de soluções de TI de hospitalidade internacional. A Prologic First é um grupo de empresas que desenvolve e comercializa internacionalmente soluções de software integradas para o setor de hospitalidade. As soluções de software Prologic First estão em uso em mais de 1300 sites em 35 países. Profissionais formaram a Prologic First há mais de uma década, com ampla experiência no desenvolvimento e implantação de soluções de TI para hotéis. Para obter mais informações, visite www.prologicfirst.com.

Consulta de mídia:

Deepak Chauhan, telefone +1-415-390-5039, Email: deepak@mycloudhospitality.com

Leave a Comment